Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Few days on land

Um retrato do dia-a-dia de uma jovem de viagens quase sempre musicais e nem sempre coloridas.

Bravo, João Sousa!

Jogo: João Sousa vs Novak Djokovic

Resultado dos três sets: 0-6, 2-6, 2-6

Duração do jogo: 1h40m

Novak Djokovic é o actual líder do circuito ATP. João Sousa encontra-se no 95.º lugar do Ranking ATP e é o número 1 Nacional. É de registar que, relativamente aos tenistas masculinos, este jogo representou a primeira vez que um tenista português discutiu um jogo na terceira ronda do US Open; defrontou Novak Djokovic; jogou com o número 1 mundial em torneios do Grand Slam e jogou no court Arthur Ashe, o court central do torneio e o maior court do Mundo.     

 

Notas do encontro

- João Sousa entrou para o primeiro set visivelmente nervoso, mas com garra. Era notória a confiança do tenista que não tinha nada a perder. A experiência que ganhou pode ajudá-lo em torneios futuros.  

- O tenista português não jogou mal. Tem que melhorar em determinados departamentos como por exemplo o seu jogo de pés. Pareceu-me o maior problema que teve para responder ao número um mundial. Para a derrota também contribuiu o "dia sim" de Novak Djokovic. O sérvio fez tudo o que estava ao seu alcance para não perder um único ponto. Normalmente não concordo muito com os comentadores da EuroSport mas não estavam enganados quando disseram que João Sousa perdeu mais por mérito de Novak do que por demérito de si mesmo.

- No final do primeiro set o tenista português merecia, na minha opinião, o 2-6 pelos dois bons jogos de serviço que fez. Infelizmente o poder de resposta ao serviço de Djokovic é muito eficaz.

- Antes do segundo set, João Sousa pediu assistência médica no court, numa altura em que já apresentava sinais de cansaço. Não podemos esquecer que nos dois encontros anteriores, ambos com a duração de praticamente três horas, o tenista teve de jogar o quinto set para decidir a passagem à segunda e terceira rondas.

- Algo que me surpreendeu no seu jogo foi o bom serviço. E o melhor? É que isso é uma constante ao longo dos sets.

- Conseguiu o 2-5 anulando o serviço a Djokovic e, como disse um dos comentadores, não ganhou o jogo mas já pode dizer que quebrou o serviço ao melhor tenista da actualidade.

 

Os melhores momentos do jogo

A melhor jogada de João Sousa

Não, João Sousa não ganhou. Mas o facto de ter chegado à terceira ronda de um Grand Slam não foi mais uma "vitória moral" para Portugal. É importante destacar o que aconteceu no US Open, é importante dar os parabéns ao tenista. Porquê? Porque teve garra, disputou todos os pontos mesmo sabendo que dividia o court com o melhor jogador do Mundo e apresentou diversas jogadas de excelência. João Sousa jogou o melhor que era possível, face às circunstâncias. A maior delas Novak Djokovic que tem, na minha opinião, o melhor modelo de jogo do circuito, embora a sua época tenha tido altos e baixos.