Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Few days on land

Um retrato do dia-a-dia de uma jovem de viagens quase sempre musicais e nem sempre coloridas.

A adaptação já vai longa...

Um mês e meio depois do início do Mestrado ainda estou em período de adaptação relativamente a esta nova realidade. Na verdade, esta é uma realidade bem diferente da que vivi durante a minha Licenciatura. Mais trabalho, mais estudo, mais leitura... Resumindo, mais horas de dedicação que (espero eu) vão ser recompensadas no final. Sinceramente, espero ficar, pelo menos, com a noção de "dever cumprido". Há sempre algo para melhorar e  tenho a certeza de que irei terminar o semestre a dizer que podia fazer mais e melhor. Podemos sempre, essa é a verdade. Uma outra verdade é que a adaptação é difícil. Demorada e complicada, se quisermos dizê-lo a rimar.

A esperança é que ainda vai chegar o dia em que tudo parece mais fácil! :) 

 

(São praticamente 2h da manhã e resta-me dizer-vos que esta parece ser, cada vez mais, a melhor hora para adiantar trabalhos com concentração.)