Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Few days on land

Um retrato do dia-a-dia de uma jovem de viagens quase sempre musicais e nem sempre coloridas.

Estas palavras que me prendem #3

Solidão?

 

A solidão não é sempre desagradável. Às vezes é a salvação que esperamos depois de um dia em que o mundo não nos virou as costas, o que nos levou à exaustão. Não é mais que uma forma de matarmos saudades de nós próprios.

 

                                                               Joana Pires