Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Few days on land

Um retrato do dia-a-dia de uma jovem de viagens quase sempre musicais e nem sempre coloridas.

Diário de um Mestrado

Sim, é isto. E o que é incrível é que não consigo dizer que isto é uma grande chatice ou um enorme desperdício de tempo. Passar os dias a ler Fernando Pessoa devia ser obrigatório. Para além de ser um poeta engraçado, principalmente quando quer falar de todas as "personalidades" que transformou em heterónimos, sabia tanto sobre o modo de agir dos portugueses e sobre Portugal... É encantador!