Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Few days on land

Um retrato do dia-a-dia de uma jovem de viagens quase sempre musicais e nem sempre coloridas.

Estas palavras que me prendem #11

Fim

 

O Mundo está louco

E a vida não pode dar mais voltas.

Não sei se foi culpa da ironia

Ou se o que temos é pouco.

 

Onde ficamos, perdidos,

Vimos o futuro ser enterrado.

Percebemos que o tempo que não chegava

Era, afinal, o passado.

 

Onde deixamos o que nos unia

A calma estava por um fio.

Sabíamos que a estória era insegura

Mas esperamos pelo fim deste vazio.

 

O vazio é o fim,

Sobreposto ao inalcansável.

Mas se fosse fácil descobri-lo

O Mundo caía numa saudade imperdoável.

 

Esse foi o erro que comprometeu o presente,

Envolvendo-o numa teia de ilusões.

Quando pensávamos ter as respostas

O tempo foi insuficiente para as questões.

 

Somos, agora, duas partes de um coração

Ferido, esmagado, parado.

Uma emoção expressa pelas lágrimas

Que nos olhos, já mortos, secaram.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.