Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Few days on land

Um retrato do dia-a-dia de uma jovem de viagens quase sempre musicais e nem sempre coloridas.

Few days on land | Lista dos melhores álbuns do ano - Data da revelação & porquê

Isto de divulgar a lista de melhores álbuns do ano entre meados de Novembro e a primeira semana de Dezembro pode não correr bem. Já vi algumas revistas a aventurarem-se nessas adivinhações, digamos assim, e parece-me que deviam ter esperado. Ao longo dos anos fui percebendo que há artistas que deixam o melhor para o fim, cumprindo as regras de "ser português" mesmo que não o sejam. Este ano, a mostrar que tenho razão por deixar a revelação para o final de dezembro, houve um artista que deu uma volta à lista que tenho vindo a preparar ao longo do ano e que sofreu várias alterações nestes meses. E não foi assim há muito tempo... Foi ontem! Tudo isto porque "até ao lavar dos cestos é vindima". 

 

Assim, este ano vou revelando os artistas e as críticas aos álbuns ao longo do mês de Dezembro, sem nenhuma ordem específica. No dia 28 de dezembro logo vos contarei qual é o melhor disco do ano, português ou internacional. Isto na minha opinião, claro, mas conto com o vosso feedback ao longo do mês ou até já neste post caso saibam qual é o álbum que iluminou o vosso 2017. Será um pouco diferente do que fiz no ano passado, em que dividi as publicações entre "O melhor de 2016: música portuguesa" e "O melhor de 2016: música internacional", mas sei que haverá tanto música portuguesa como música internacional na minha lista que terá entre 10 a 15 discos. Vocês não imaginam... Vocês não imaginam o difícil que é escolher só 10 álbuns este ano. Mas vamos lá ver. Conto convosco!    

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.