Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Few days on land

Um retrato do dia-a-dia de uma jovem de viagens quase sempre musicais e nem sempre coloridas.

Livrarias de Lisboa: a Bertrand do Chiado

Escrever sobre literatura e depois vê-la. Ali, descansada e exposta, com as pessoas em volta, interessadas e até fascinadas. Deixa-me feliz! Gosto das livrarias de Lisboa, mesmo as que parecem mais desorganizadas. E não, as livrarias não são todas iguais, nem as que são da mesma marca. 

 

A Bertrand nasceu em 1732, na rua Direita do Loreto mas em 1755 a loja seria destruída pelo terramoto que assolou Lisboa. Mudou-se definitivamente para o Chiado em 1773, morando desde então no n.º 73 da Rua Garrett. Sendo a segunda casa de autores como Antero de Quental, Eça de Queirós ou Aquilino Ribeiro, por exemplo, é também a livraria mais antiga do mundo ainda em funcionamento, de acordo com o Guiness World Records

 

Visitem o Chiado e a sua Bertrand porque isto contado não tem piada nenhuma!

 

bertrand_chiado.JPG

       

         bertrand_chiado2.JPG       bertrand_chiado5.JPG

 

bertrand_chiado4.JPG

 

bertrand_chiado3.JPG

 

P.S. Ninguém me pagou ou ofereceu livros para falar disto. A Bertrand do Chiado é mesmo, mesmo uma lindíssima livraria. Aliás, se dúvidas houvesse, tínhamos as fotografias para comprová-lo!

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.