Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Few days on land

Um retrato do dia-a-dia de uma jovem de viagens quase sempre musicais e nem sempre coloridas.

Olá, como estão? Eu voltei.

O Few days on land sempre foi e sempre será uma espécie de refúgio. Mesmo em tempos difíceis, seja no meio de uma crise pessoal ou de uma pandemia mundial, nos últimos sete anos eu voltei aqui. Algo que não acontecia há mais de um ano. Por muitas razões que vão das limitações em termos de tempo (e paciência!), às limitações impostas pelas tecnologias e pelo próprio blog.

 Volto porque sou feliz a escrever aqui e enquanto assim for faz sentido. Volto porque o blog permitiu-me conhecer pessoas incríveis que me perguntam se não vou voltar. Volto porque essa partilha é importante para mim. A pandemia limitou-nos em espaço (e não nos deu assim tanto tempo como parece, pelo menos a quem está em teletrabalho) mas não limitou a forma como nos reinventamos, embora possa dificultá-la algumas vezes. 

Volto mas não sei por quanto tempo, nem por quantas publicações porque isso vale de pouco. Talvez depois deste texto esteja mais um ano sem escrever aqui (o Facebook do blog está mais atualizado porque a acessibilidade é diferente e costumo estar por lá muitas vezes: https://www.facebook.com/fewdaysonland). Aqui também voltarei, certamente, como sempre. Quem sabe amanhã?

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.