Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Few days on land

Um retrato do dia-a-dia de uma jovem de viagens quase sempre musicais e nem sempre coloridas.

Rótulos

A verdade é esta: não gosto de rótulos. Como por exemplo... No outro dia, enquanto andava na rua passei junto a alguém que estava a distribuir panfletos e que me disse, ao mesmo tempo que me entregava um desses panfletos "Boa tarde jovem". Foi o fim do dia. Foi muito educado, quanto a isso nada a dizer. Mas para que é que foi essa 'tirada' do "jovem"? Sim, sou jovem mas não podia ter dito apenas "Boa tarde"? Será que é necessário acrescentar mais alguma coisa? Sinceramente, não acho.

A juntar a essa 'tirada' do jovem ( que é uma das mais utilizadas...) podia acrescentar o "menina", "senhora" ou "rapariga". Estes rótulos são ainda mais perigosos caros senhores e senhoras da distribuição de panfletos. E porquê? Porque é daquelas situações em que se vocês tratarem alguém por menina e a pessoa já se achar uma senhora, vai ficar tão descontente como a pessoa que se considerar uma menina e vocês tratarem por senhora, estão a ver? As pessoas podem ficar horas e horas a debater intrínsecamente o seu estado de conservação. Principalmente as meninas, as senhoras e as raparigas. Vamos lá dizer um "Bom dia" ou "Boa tarde" que já está bom meus caros. Pode ser?

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.