Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Few days on land

Um retrato do dia-a-dia de uma jovem de viagens quase sempre musicais e nem sempre coloridas.

Senhoras e senhores...

Quando na época de 2012/2013, Jorge Jesus se ajoelhou com o (não muito célebre mas está bem) golo de Kelvin, nos também já demasiado gastos "92 minutos", a imagem foi difundida por essa internet fora, sempre em tom jocoso e com "piadolas" baixo nível, para tentar destruir um treinador que teima em renascer das cinzas. Não se tratou de uma nação inteira a fazer troça da situação, porque a verdadeira e única nação festejou ontem o bicampeonato. Foi o resto. Esse resto que se aproveita de tudo e de nada para fazer um grande alarido e que se preocupa mais com isso do que com jogar à bola, ser uma equipa unida ou trabalhar para os adeptos e não para regozijo pessoal, a fim de rumar a um colosso europeu no final da época. Esse resto que viu ontem o seu treinador fazer o mesmo que Jorge Jesus: ajoelhar-se. Lopetegui ajoelhou-se perante uma nação, a que festejava determinantemente a merecida vitória no campeonato. Essa imagem merece ser difundida da mesma forma, mas cuidado. Cuidado porque este senhor não tem manto, muito menos um manto protector, não vai ao colo de ninguém (inclusive dos adeptos do FCPorto) e não tem estofo para perder mas nem ganhar sabe (como já fiz questão de referir neste post). Sem piadas, sem "vamos lá ser engraçados agora", este senhor foi assim porque é assim na vida. Não sabe ganhar, não sabe perder, só sabe dar espectáculo. Caro  Lopetegui saiba, por favor, lidar com esta situação que deve ser para si uma situação muito diferente das que já viveu ou será que é só consultar o seu palmarés para percebermos que é mais do mesmo?  

 

lopetegui.jpg

 

LOPETEGUI, ESPERO QUE TENHA RECEBIDO A MENSAGEM:

(avistada n' Os Memes do Jorge Jesus)

11031937_808429769225734_6925618167830209606_n.jpg

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.