Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Few days on land

Um retrato do dia-a-dia de uma jovem de viagens quase sempre musicais e nem sempre coloridas.

Uma música, três versões: "Last Christmas" // it's christmas time

c7fdfff2ba6c7a2bb0ca2157cf4d207c.947x948x12.jpg

 

É Natal, é Natal. É a época de andar pelos centros comerciais ou pelas ruas da cidade e ouvir músicas de Natal em todos os lugares. Fazem-se playlists para animar convívios, preparam-se karaokes para entreter os mais crescidos na noite de 24 para 25 e criam-se belas obras de arte a partir de obras igualmente artísticas como forma de revitalizar e dar um cunho pessoal a canções sobejamente conhecidas (permitam-me a utilização da palavra cara porque é Natal e é permitido sonhar com coisas um bocado mais expansivas, ou não, tanto dá). "Last Christmas" é uma das músicas mais replicadas a cada época natalícia. Se não é A música do Natal. A verdade é que ao fim de tantos anos ainda conseguir ouvi-la do início ao fim, cantá-la, dançá-la... Só pode querer dizer que somos verdadeiros fãs do Natal. Por isso, escolhi um conjunto de três versões (e uma versão presente) de uma das minhas músicas de Natal favoritas.

 

Versão original

 

 

Versão synth-pop

 

 

Versão folk

 

 

E, como é Natal, uma versão presente: a versão barroca

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.